DANILO RODRIGUES: DE BARISTA À BARTENDER, VOCAÇÃO PELO BALCÃO

Bobby's, Cocktails, Danilo Rodrigues, Espíritos Brasileiros, G&T's, Gin, Herman Jansen, Virga -

DANILO RODRIGUES: DE BARISTA À BARTENDER, VOCAÇÃO PELO BALCÃO

 

 

O paulistano Danilo Rodrigues começou seu namoro com os balcões como barista do Urbe Café. De lá foi iniciar sua trajetória como bartender no extinto Café dos Prazeres. Talvez influenciado pelo clima de jazz da casa, se sentiu motivado a mergulhar de vez no mundo da coquetelaria. E assim foi integrar a equipe de Talita Simões no Side, onde sua coquetelaria deu um salto de aprimoramento em técnica e serviço, como era de se esperar.

 

 

Ao lado de Talita, Danilo aprendeu mais do que técnicas, mas como usá-las como equilíbrio e refinamento. Gelo cristalino, defumações e os segredos de todos os grandes clássicos que diferenciam um cocktail de um cocktail feito por um grande bartender. Um bom exemplo disso é seu Bloody Mary feito com cachaça Leblon e ostra. Já se mostrando pronto para atingir novos patamares. E, assim, Danilo encarou o desafio que vem lhe trazendo mais notoriedade: comandar o balcão do Tan Tan Noodle Bar.

 

Um dos estabelecimentos mais celebrados (e disputados) em São Paulo nos últimos tempos implica em uma carta de cocktails maduros, que respeitem as origens orientais do conceito e que entregue no copo a mesma qualidade que o faz no prato. E Danilo fez muito bonito nesse quesito, sendo a casa destaque em vários veículos de mídia especializada e aclamados pelos clientes.

 

 

Confira abaixo algumas das criações de Danilo Rodrigues para o Tan Tan e conheça um pouco mais sobre a versatilidade e o repertório desse que promete escrever seu nome nos anais da história da coquetelaria brasileira:

 

 

Hakuna Matata: Rum, Fernet, Mel e Limão
 

Gin e Tonic Tea: Gin, Tônica, Chá Branco, Hortelã e Grapefruit
 

Gojira: Shochu de Batata Doce, Suco de Limão e Gingerbeer
 

Lexington: Bourbon, Vermouth, Absinto, Laphroaig e Bitter

 

Iggy Apple: Vodka, Maçã, Suco de Limão, Pêssego e Cointreau

 


Deixe um comentário