QUAL É A ÁGUA TÔNICA DO SEU GIN TÔNICA?

G&T's -

QUAL É A ÁGUA TÔNICA DO SEU GIN TÔNICA?

Atenção para a água tônica que vai compor seu GT. Existe uma arte na escolha desse Yin e Yang dos drinks.

Amarga ou doce, cítrica ou floral, mais calórica ou mais leve... Mas efervescente, por favor.

Água Tônica é o resultado de água carbonatada e o quinino, ingrediente de uma árvore africana, muito usado no século XIX como remédio para combater a febre da malária. Hoje suas propriedades já não são tão medicinais. Em fórmula diluída, em muito menor quantidade, o quinino quem dá o sabor amargo ao líquido. E junte-se a isso especiarias que complementam o sabor final – laranja ou limão, gengibre, pimentas e até envelhecimento em barril. Existe uma variedade de águas tônicas no mercado. E você pode também fazer sua versão homemade.

A escolha da água tônica tem a ver com o realce de sabores do gin que você vai usar.  Existem águas tônicas mais versáteis, outras mais específicas. Fique longe daquelas que vão estragar seu drink, ou aquelas que são deliberadamente doces.

Algumas dicas para sua iniciação nesse universo:

Ao experimentar uma água tônica, observe seu amargor e a persistência desse sabor. Em seguida, atenção a carbonatação – ou a sensação de efervescência na boca. Em seguida, as notas secundárias – sabores cítricos, especiarias, floral, herbal. E por fim, o grau de doçura. Para sua gin tônica: ao serem misturadas com gin, as tônicas tendem a apresentar nuances diferentes quando combinadas com seus óleos essenciais - que se abrem em contato com ela. Repare então no sabor, aroma e refrescância. Se ficou equilibrado, está perfeito!

Deixe um comentário